Redes sociais
Siga-nos e fique sabendo

AÇÃO CONTRA O AEDES AEGYPTI NO CENTRO


Publicado em: 07/02/2018 14:58
AÇÃO CONTRA O AEDES AEGYPTI NO CENTRO

AÇÃO CONTRA O AEDES AEGYPTI NO CENTRO

Um raio de 300 metros, que abrange diversas ruas da área central de Nova Santa Rita está tendo todos os imóveis e terrenos vistoriados por equipes da Secretaria Municipal da Saúde. A medida foi colocada em prática a partir da descoberta de uma larva do mosquito Aedes Aegypti, encontrada em uma armadilha no Centro.

Não existe nenhum caso notificado de dengue na cidade.

O perímetro que envolve a ação de visitação a todos os imóveis compreendem trecho ou totalidade das seguintes ruas: avenida Santa Rita; rua Dr. Lourenço Záccaro; rua Valdemar Vicente da Costa; rua João Antônio de Oliveira; rua Cícero Alfama; rua Justino de Souza Batista; rua Teófilo Tergolina; rua Hélio Fraga de Moraes Sarmento; rua Guajuviras; rua Pereiras; rua C e trecho da rua Carlos Gomes.

EFICIÊNCIA NA PREVENÇÃO

A descoberta da larva comprova a eficiência do monitoramento sistemático feito pelas equipes de combate a endemias que atuam durante todo o ano na prevenção à proliferação do mosquito. Conforme informações da Secretaria Municipal da Saúde, existem 18 armadilhas para o mosquito em diferentes pontos da cidade. Estas armadilhas consistem em recipientes com água e que são coletadas amostras durante toda a semana, a fim de verificar a ocorrência de larvas do Aedes.

Também estão elencados 27 pontos estratégicos, que são visitados a cada quinzena para a verificação de cuidados com a prevenção. Estes pontos incluem borracharias, madeireiras, depósitos de materiais, entre outros.

FIQUE ATENTO: 2/3 dos criadouros do Aedes estão nas residências

O Aedes aegypti é um mosquito doméstico. Ele vive dentro de casa e perto do homem. Com hábitos diurnos, o mosquito se alimenta de sangue humano, sobretudo ao amanhecer e ao entardecer. A reprodução acontece em água limpa e parada, a partir da postura de ovos pelas fêmeas. Os ovos são colocados em água limpa e parada e distribuídos por diversos criadouros.

Por isso, união, estados, municípios e a sociedade devem trabalhar juntos para a eliminação dos focos do mosquito Aedes aegypti. Em menos de 15 minutos é possível fazer uma varredura em casa e acabar com os recipientes com água parada, ambiente propício para procriação do Aedes aegypti.

CASCA DE OVO

Um pedaço de casca de ovo jogado no chão, pode se transformar no ambiente ideal para a proliferação de mosquitos, que depositam suas larvas se houver um pouco de água acumulada no local. Tampas de garrafa, latas de refrigerantes, sacolas e recipientes plásticos jogados no pátio, tudo pode se transformar em criadouros. Portanto, faça sua parte, e fique atento a estes objetos.

DICAS

Tampe os tonéis e caixa d’água;
Mantenha as calhas sempre limpas;
Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo;
Mantenha lixeiras bem tampadas;
Deixe ralos limpos e com aplicação de tela;
Limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia;
Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais;
Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa.
Tampar e lavar reservatórios de água são ações importantes para o combate ao Aedes aegypti.

Leia também

Gabinete do Prefeito
07/02/2018 14:58
Gabinete do Prefeito
07/02/2018 14:58
Gabinete do Prefeito
07/02/2018 14:58
Gabinete do Prefeito
07/02/2018 14:58